Torne-se um motorista consciente

Um trânsito agradável e seguro se faz de motoristas conscientes. E nós, motoristas que ainda estamos acordando para nossas reais responsabilidades, somos parte disso.

Mas espera aí, porque ainda estamos acordando para as nossas responsabilidades?
Já tiramos a carteira de motorista, fizemos o exame médico e psicotécnico, estudamos as aulas de mecânica e de direção defensiva!
O que é que está faltando?


Leia mais »

O motorista consciente e a realidade do transito

Trânsito – o que você sente quado escuta essa palavra?
Provavelmente não deve sentir as coisas boas ou agradáveis que todos nós gostaríamos, e é até natural que isso aconteça, diante de tantos exemplos que gostaríamos de esquecer.

Mas… quem disse que tem que ser assim pra sempre?

Criando um transito melhor

Algumas pessoas passaram pelo mundo deixando ensinamentos preciosos para nós e um deles nos conclamava à ação com a seguinte frase:

Seja a mudança que você quer que exista no mundo - Mahatma Gandhi

De um modo geral, nós temos esquecido que as nossas decisões e a nossa vontade são capazes de transformar para melhor a realidade em que vivemos. Por isso, a partir de agora nós nos determinamos a mudar o trânsito para melhor, porque nós temos o poder de mudar as coisas, se quisermos que seja assim.

Palavras bonitas… mas não mudam o mundo – alguns podem dizer, mas minha proposta aqui não termina nesse texto, pelo contrário.

Esse texto é o primeiro de muitos, que têm como base os seguintes princípios:

  1. Vontade – nós queremos criar um trânsito melhor!
  2. Discussão – somente o diálogo aprofunda o nosso entendimento, e amplia nossa capacidade encontrar soluções práticas para os problemas
  3. Ação – com a divulgação necessária todos os envolvidos, desde o pedestre até os órgãos reguladores, criarão elementos ativos

Parece difícil… mas resolvendo em partes pequeninas fica até fácil.

Motorista Consciente: eu e você

Quem é o motorista consciente?
Todo aquele que busca se renovar a cada instante: eu, você, e muitos outros!

Você não chegou aqui à toa. Eu também não escrevi isso à toa.
Acredito que você e eu queremos ter uma melhor impressão do trânsito e, se possível, ajudar a criar esse sentimento.

Se cruzamos nossos caminhos é porque de alguma forma você é capaz de pegar o que ofertei, torná-lo melhor, e passar adiante.
Eu, em contra-partida, aprenderei muito pelas dicas oferecidas através dos comentários.

Quando ajudamos os outros, criamos espaço para que outros se sintam confortáveis em vir nos ajudar.
Esse é o nosso papel, agir de forma consciente: ser um motorista consciente.

Não estamos sozinhos

Pode procurar que
Seja pela gentileza no trânsito, ou pela harmonia sobre rodas encontraremos muitos outros exemplos de propostas renovadoras.

Esse artigo é um estímulo a percepção e a ação, uma semente lançada a favor do nosso futuro.

Seja bem vindo, ao Transito Consciente,  espero contribuir com muito mais, acompanhe.